top of page

O poder do verde no urbanismo

Inaugurado em 2021, o Brooklyn Bridge Park já é um dos cartões postais da cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Desde sua abertura oficial, ele já ultrapassou – e muito! – a expectativa de visitantes: todos os anos, ao menos 5 milhões de pessoas entre cidadãos e turistas passam por ali para realizar as mais diversas atividades, desde esportes ao ar livre até um passeio de carrossel ou patinação no gelo. Michael Van Valkenburgh é o paisagista responsável pelo projeto e, aos 72 anos, ele analisa o porquê do projeto ter dado tão certo.

© Michael Van Valkenburgh Associates Inc “O Brooklyn Bridge Park é a cara do bairro e, ao mesmo tempo, também tem um quê de universal. Todos os tipos de pessoas podem encontrar atividades prazerosas no parque, mesmo se não tiverem o mínimo de interesse em esportes. Nesse sentido, ele é verdadeiramente democrático”, explica Valkenburgh. Ele acrescenta que a pandemia também mostrou às pessoas a importância dos espaços de convivência ao ar livre, tornando o parque ainda mais popular.


Assim como o Brooklyn Bridge Park, acreditamos que os projetos de urbanismo que valorizam a natureza e os espaços de encontro são fundamentais para construir cidades mais saudáveis, e buscamos praticar esse princípio na Cidade Urbitá, que faz parte do movimento #somoscidade

Comments


bottom of page