• Urbitá

Revista Time Out elege as 30 ruas mais legais do mundo


Após tanto tempo afastados das ruas devido à pandemia da Covid-19, a revista Time Out elege as 30 ruas mais legais do mundo, nesse momento em que estamos finalmente podendo voltar a viver a cidade. Para estabelecer esse ranking, os editores levaram em consideração os destaques de comida e bebida de cada localização, além da oferta de atrações culturais, vida noturna e sentimento de comunidade cultivado em cada rua.


1) A localidade que ocupa a primeira posição é a Smith Street em Melbourne, Austrália. Suas lojas independentes, bares, locais de música ao vivo, ótimos restaurantes e a forma com a qual a comunidade local apoiou esses empreendimentos durante a pandemia contribuíram para que o endereço conquistasse o primeiro lugar.


2) Em segundo lugar está a Passeig de Sant Joan, em Barcelona, na Espanha. O endereço é conhecido por ser um dos primeiros corredores verdes da cidade, oferecendo também um espaço confortável para pedestres e ciclistas, com ciclovias por toda a sua extensão, calçadas largas, árvores e muitos lugares para sentar ao ar livre - elementos fundamentais para trazer vida às ruas - além de abrigar um mercado de alimentos, o Mercat de l'Abaceria.


3) Ocupando o terceiro lugar no ranking das 30 ruas mais legais do mundo da revista Time Out está a South Bank de Londres, na Inglaterra. Ao lado do Tâmisa, o movimentado endereço se coloca como um verdadeiro recinto cultural, abrigando o National Theatre de Londres e o Shakespeare’s Globe. Conhecida por seus bares e restaurantes, ainda é possível desfrutar da incrível vista da St. Paul’s Cathedral.


E citado entre as dez melhores ruas do mundo, de acordo com a revista Time Out, encontra-se um endereço brasileiro. A Rua Três Rios, no centro de São Paulo, ocupa o sétimo lugar do guia, que a destaca pela sua diversidade e constante evolução. A poucos minutos da Pinacoteca do Estado de São Paulo, a travessa abrigou várias gerações de famílias de imigrantes ao longo dos séculos, vindas de diversos lugares do mundo - desde Itália, até Coréia do Sul, Grécia e Bolívia, entre outros. Esse incrível cenário multicultural possibilitou a criação de uma das mais diversas cenas gastronômicas da cidade.